"Digno é Deus, o criador, de toda honra e toda glória para todo o sempre".

Pesquisar pedacinhos

31 de ago de 2010

Escravo do Amor





De que me serve o livre arbítrio se sou escravo do amor?

Amor que permeia os meus sonhos,
Rouba minha paz,
Invasor de mentes.
Confuso e verdadeiro amor.


O que fazes tu sentado a beira do precipício?
Venha e prove de minhas vísceras,
Coma meu coração,
Ele pulsa,vibra à espera de um leão.


Desnuda minha pele,
Rasga o manto negro que cobre minha face,
 e veja o sol que se esconde em meus olhos 
e o sorriso que guardei para ti.

Google+ Badge

Ocorreu um erro neste gadget