"Digno é Deus, o criador, de toda honra e toda glória para todo o sempre".

Pesquisar pedacinhos

27 de nov de 2011

A busca


                                                                      
                                                                                                           E era a Besta, sem sinais.

                                                              Estava perambulando pela própria mente.

                                                    Pela carne podre sentia desprezo.

                                            Ela amava pedaços perdidos, ela os devorava.

                          E era a Besta sem sinais, e ao seu encontro a luxúria. 

                                  Rica, exuberante em si mesma.

                    Ainda há quem embriagasse com seu perfume.


~~~~~~~~~§~~~~~~~~~~


                 E era o amor, preso no coração dos inocentes.

                                A Besta buscava por ele e a luxúria o tinha perdido.

 Então, passou a vagar pela Terra na esperança de 

encontrá-lo em outro coração tolo.

                                                                     Meu próprio coração.

7 de nov de 2011

Origem, repúdio








Fui atraído hipnoticamente pela larva da terra,

Origem minha

mãe terra.



Uma parte oculta de mim se achegou ao Rei Ardente.

Não fora da minha possibilidade de existência, mas do próprio núcleo dela.




Meu corpo que em chamas suplicava pelo amor, encontrou se no enganoso e perturbador hospício.

Peregrinemos então ao santuário para o batizado cotidiano,

 pois não posso ouvir o canto dos anjos que outrora eram meus amantes.




Exultemos então,

 e roguemos pela salvação.

Google+ Badge

Ocorreu um erro neste gadget