"Digno é Deus, o criador, de toda honra e toda glória para todo o sempre".

Pesquisar pedacinhos

14 de abr de 2012

Lacrĭma






Olhos meus.
Testemunha do amor verdadeiro
Do sorriso do único anjo na Terra.


Olhos meus,
De tu fluem lágrimas amargas feito fel.
Que desaguam no oceano de meus lábios,
Os mesmos que profetizaram a morte e ressurreição do verdadeiro amor.
Amor esse que vive em mim em espírito
Mas que seu corpo vaga pela Terra.


Seus lábios, sim
Seus lábios me negam, mas seu espírito vivente,
Dentro de mim chama por meu nome.



Olhos meus,
Tuas fontes de lágrimas secaram,
Mas apenas até a ressurreição do Verdadeiro Amor.
Somente até a próxima estação.

Google+ Badge

Ocorreu um erro neste gadget